Ex-secretários do governo do Amazonas presos em operação da PF serão transferidos para presídio comum

As transferências devem ocorrer até as 17h, horário limite para o recebimento de presos no CDPM, que fica localizado no Km 8 da BR-174.
13/12/2017 15h38 - Atualizado em 14/12/2017 16h31
Foto: Reprodução

Cincos presos da Operação Custo Político, segunda fase da Maus Caminhos, serão transferidos agora à tarde para o Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM). A informação foi passada por parentes e uma fonte da Polícia Federal.

Entre os presos estão os ex-secretários de Saúde Pedro Elias e Wilson Alecrim, o ex-chefe da Casa Civil Raul Zaidan, o ex-secretário de Governo Evandro Melo, o coronel da PM Aroldo Ribeiro e o empresário Mouhamad Moustafa, apontado como o líder da organização que teria desviado R$ 110 milhões do setor de saúde do Estado.

As transferências devem ocorrer até as 17h, horário limite para o recebimento de presos no CDPM, que fica localizado no Km 8 da BR-174.

Saúde de Alecrim
Familiares estão preocupados com o estado de saúde de Wilson Alecrim, de 72 anos, que está diagnosticado com câncer de próstata e estava se preparando para passar por uma cirurgia quando foi preso. Os parentes afirmam que o ex-secretários de Saúde foi levado sangrando.

Os exames preparatórios para o procedimento cirúrgico marcado para janeiro, segundo esses mesmos familiares, não são oferecidos em Manaus e por isso o ex-secretário estava com viagem programada para São Paulo nesta quinta.

OAB-AM tenta intervir
A Ordem dos Advogados do Brasil no Amazonas (OAB-AM) solicitou à juíza federal Ana Paula Serizawa Silva Podedworn que o ex-chefe da Casa Civil Raul Zaidan, que é advogado, não seja transferido para o sistema penitenciário do Estado em função dos riscos que a categoria corre nesta condição.

O procurador da República Alexandre Jabur afirmou que os presos não podem ser mantidos na carceragem da Polícia Federal.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso