Marqueteiro da campanha de 2016 do prefeito Arthur pega calote de R$780 mil e vai à justiça exigir pagamento

Segundo Marcos Martinelli após a vitória do tucano, ele não conseguiu receber um único centavo e teve que fazer empréstimos para pagar seus funcionários.
12/12/2017 16h12 - Atualizado em 13/12/2017 18h41
Foto: AM POST

Redação AM POST

O proprietário da empresa Via Mercosul Consultoria e Marketing e marqueteiro Marcos Martinelli, que ajudou a reeleger o prefeito de Manaus, Artur Neto, nas eleições de 2016, levou um calote do tucano de R$780 mil. Dos R$ 900 mil contratados em 2016 para a campanha de 1º e 2º turno, Martinelli recebeu apenas R$ 120 mil.

Martinelli desistiu de cobrar a dívida amigavelmente e decidiu levar o caso à Justiça. O processo tramita na 11ª Vara Cível.

De acordo com matéria publicada no Portal A CRÍTICA após a vitória do tucano, Martinelli não conseguiu receber um único centavo e teve que fazer empréstimos para pagar seus funcionários. Após muitas notificações extrajudiciais ele conseguiu receber só em outubro deste ano os R$ 120 mil.

“A campanha foi um sucesso. O pagamento não foi. O prefeito não cumpriu com a sua palavra”, lamentou.

A ação movida pela Via Mercosul Consultoria e Marketing tramita na Justiça Estadual desde a última sexta-feira (8) e cobra de Artur Virgílio Neto e do PSDB Municipal R$ 815.339,05, valor que já computa as correções pelo não pagamento das parcelas da dívida.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso