José Melo e Edilene Oliveira são levados para presídio estadual

Eles estavam presos na Polícia Federal e foram submetidos a exames de corpo de delito.
04/01/2018 15h03 - Atualizado em 5/01/2018 17h03
Foto: Reprodução

Redação AM POST

O ex-governador José Melo e a ex-primeira-dama Edilene Gomes de Oliveira chegaram algemados na tarde desta quinta-feira (4) à sede do Instituto Médico Legal (IML), na zona Norte de Manaus. Eles estavam presos na Polícia Federal e foram submetidos a exames de corpo de delito, procedimento padrão antes do ingresso no sistema prisional do Estado.

O casal foi escoltado por agentes até a área interna do prédio por uma porta lateral e deixaram o local sete minutos depois, já sem as algemas, e saíram em viaturas diferentes.

Os dois serão transferidos para presídio comum. Melo será encaminhado para o Centro de Detenção Provisório Masculino (CDPM 2) e Edilene para o Centro de Detenção Provisório Feminino (CDPF).

Segundo o MPF, o ex-governador e a ex-primeira dama do Amazonas lideravam o esquema de desvio de verbas do Estado, desmantelado pela primeira vez em setembro de 2016, na primeira fase da Operação Maus Caminhos, que teve como principal alvo o médico e empresário Mouhamad Moustafa e a empresa dele, o Instituto Novos Caminhos (INC).


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso