José Melo perde recurso que podia garantir sua liberdade

Um segundo habeas corpus, será julgado pelo TRF1, em Brasília.
25/01/2018 17h44 - Atualizado em 26/01/2018 17h19
Foto: Divulgação

Um dos recursos que pedia liberdade do ex-governador José Melo (Pros) perdeu o objeto porque a Justiça Federal transformou em prisão do politico em preventiva e não houve novo recurso da defesa.

O arquivamento ocorreu nesta quinta-feira, 25, pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1). Outro habeas corpus, apresentado pelo advogado José Carlos Cavalcante, também segue no TRF1 em Brasília. Cavalcante disse que não existe prazo para que o juiz aprecie o pedido.

José Melo foi preso no dia 21 de dezembro de 2017 na Operação Estado de Emergência, da Polícia Federal, por suspeita de envolvimento em esquema de corrupção na saúde pública no Amazonas.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso