Mouhamad Moustafa revela em conversa no Whatsapp que desejava morte de Chico Preto

Em resposta o parlamentar demonstrou revolta: “Eu partiria para a porrada. Daria uma surra no Mouhamad. Porque o que eu li é forte”, disse.
18/01/2018 15h26 - Atualizado em 19/01/2018 15h46
Foto: AM POST

A Polícia Federal (PF) encontrou conversa antiga no Whatsapp de Mouhamad Moustafa, apontado como líder da organização criminosa que desviava dinheiro da saúde no Amazonas, em que ele deseja a morte do vereador Chico Preto (PMN), pelo fato do parlamentar ter gravado vídeo criticando a empresa Salvare, que mantinha contrato com o governo e era comandada pelo médico. A conversa foi usada em documento da PF para falar sobre “perfil violento” de Mouhamad Moustafa.

Outra interlocutora do episódio foi Priscila Marcolino, acusada pelo Ministério Público Federal (MPF) de ser a operadora financeira do esquema de corrupção. No diálogo o médico diz: “Mataram o segurança. Tinham que ter matado ele (Chico Preto) na campanha”, a advogada questiona: “Por que esse povo só fala da gente?”. E mais a frente xinga o político: “Viadinho”.

Mouhamad se referia ao assassinato de um segurança de Chico Preto, em setembro de 2014, em frente à sede do PMN, quando voltava de um banco com a esposa do parlamentar. Naquele ano, o hoje vereador era deputado estadual e candidato a governador.

Resposta do vereador
Chico Preto disse que ao tomar conhecimento do deboche com relação ao nome dele na conversa de Mouhamad, o primeiro sentimento que teve foi o de dar uma surra aonde quer que encontrasse o empresário.

Eu partiria para a porrada. Daria uma surra no Mouhamad. Porque o que eu li é forte para quem viveu o que eu vivi junto com a minha família. Aquele deboche me levou, do ponto de vista pessoal, a nutrir um sentimento muito forte de aonde encontrá-lo dar uma surra nele. Foi minha primeira relação. Essa reação hoje amainou”, disse o vereador.

O político diz acreditar na Justiça e na punição exemplar de Mouhamad.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso