Participante do Acre pede exoneração de cargo público para entrar no BBB18

Gleiciane Damasceno da Silva, do Acre, trabalhava na Secretaria de Estado de Articulação Institucional (SAI) desde 2015.
27/01/2018 14h51 - Atualizado em 29/01/2018 16h57
Foto: Divulgação

A primeira participante acreana do Big Brother Brasil, Gleiciane Damasceno da Silva, foi exonerada do cargo que exercia na Secretaria de Estado de Articulação Institucional (SAI). O procedimento foi divulgado na última terça-feira, 23, no Diário Oficial, no decreto Nº 8.251.

Gleici foi exonerada “a pedido”, o que significa que foi dela a decisão de deixar o cargo, no qual trabalhava desde 2015. Na publicação consta que Gleiciane recebia um salário referente à CEC 3. Segundo informações do portal G1, a remuneração da categoria em 2016 de R$ 2.688.

O governo do estado informou que Gleici era a representante do poder público no Conselho Estadual de Promoção da Igualdade Racial e estava cedida à Assessoria da Juventude. Lá, ela realizava palestras e orientações nas escolas sobre direitos humanos, das mulheres e orientações sobre racismo e machismo. Na secretaria, ela também participou da construção da Conferência Estadual da Juventude e do projeto Expressão Jovem, que percorreu as cidades Brasileia, Sena Madureira, Xapuri e Rio Branco.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso