Yara Lins devolve à SSP policiais militares cedidos ao Tribunal de Contas

Os policiais militares são responsáveis pela segurança do TCE e dos funcionários, além de resguardarem o patrimônio público.
30/01/2018 15h11 - Atualizado em 30/01/2018 15h11
Foto: Divulgação

A conselheira-presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE-AM), Yara Lins dos Santos, vai devolver dez (10) policiais militares cedidos ao Tribunal de Contas. A decisão foi comunicada, na manhã desta terça-feira (30), ao vice-governador do Amazonas e secretário de Segurança Pública, Bosco Saraiva, que fez uma visita de cortesia à presidência.

Embora a cessão dos PMs esteja prevista na Lei Delegada nº 70 de maio de 2007, o número de policiais em questão excede o previsto, portanto desrespeitando a legislação. Os policiais militares são responsáveis pela segurança do TCE e dos funcionários, além de resguardarem o patrimônio público.

A devolução, segundo a conselheira Yara Lins dos Santos, é uma forma de a Corte de Contas contribuir com a segurança pública do Estado. “Estamos agindo de acordo com a lei e fazendo a nossa parte enquanto órgão de controle. Sabemos que o tamanho físico do TCE-AM é quatro vezes maior do ano em que a lei foi criada, em 2007, mas se a legislação limita, nós temos de obedecer”, comentou a presidente.

O Tribunal de Contas do Amazonas possui mais de 15 mil metros quadrados de área construída e tem mais de mil servidores, além de estagiários e prestadores de serviços, sem falar do fluxo de aposentados e pensionistas que transitam pelas dependências do TCE-AM diariamente.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso