Fantástico, “critica” postura de Gusttavo Lima e gera revolta, após polêmica com porte de arma

Em vídeo, onde aparece em uma aula de tiro nos Estados Unidos, o cantor afirmou que as pessoas de bem estão desarmadas no Brasil e pediu a revogação do estatuto do desarmamento.
26/02/2018 15h34 - Atualizado em 26/02/2018 15h34
Foto: Reprodução

O Fantástico da noite deste domingo (25) falou sobre uma polêmica grande envolvendo o cantor Gusttavo Lima. Mas o que chamou a atenção, foi a postura do programa, não só pela abordagem do assunto, mas pelo posicionamento da atração.

Após exibir uma visita de Gusttavo Lima no programa, Poliana Abritta, que comanda o Fantástico, deixou claro que a participação do cantor havia sido feita dias antes da afirmação polêmica que ele postou nas redes. Para quem não sabe, em um vídeo, onde aparece em uma aula de tiro nos Estados Unidos, Gusttavo Lima afirmou que as pessoas de bem estão desarmadas no Brasil e pediu a revogação do estatuto do desarmamento no Brasil. A revista eletrônica procurou o cantor que mandou um vídeo se explicando:

“Não sou a favor que qualquer cidadão tenha arma sem qualquer critério. Então sou a favor do porte de arma sem passagens com antecedentes criminais para pessoas que querem cuidar de suas famílias, de seus bens maiores”, disse o cantor. No entanto, a reportagem do Fantástico, refletiu sua opinião sobre as afirmações do cantor de maneira implícita e gerou polêmica:

“O vídeo no estande de tiro, foi gravado na Florida, onde o cantor passeava com a família, o mesmo estado onde há 11 dias um aluno entrou armado em uma escola e matou 17 pessoas”, disse Poliana Abritta, que na sequência também reforçou que o Rio de Janeiro vive hoje uma interdição militar por conta da forte violência e do armamento de bandidos.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso