José Melo é denunciado a Justiça Federal e pode pegar pena de até oito anos de prisão

Também são alvos da ação Edilene Oliveira e os ex-secretários Evandro Melo, Afonso Lobo, Raul Zaidan, Pedro Elias e Wilson Alecrim.
06/02/2018 13h48 - Atualizado em 7/02/2018 18h14
Foto: Reprodução

Redação AM POST

O Ministério Público Federal (MPF) denunciou nesta terça-feira (6), o ex-governador José Melo, a ex-primeira-dama Edilene Oliveira e os ex-secretários Evandro Melo, Afonso Lobo, Raul Zaidan, Pedro Elias e Wilson Alecrim à Justiça Federal pelo crime de organização criminosa no Estado, com pena de até oito anos de prisão.

Segundo o procurador da República Alexandre Jabur, que fez a denúncia da Maus Caminhos à Justiça, o ex-governador recebia pagamentos ilícitos no esquema através do irmão, Evandro Melo, e dos ex-secretários.

Edilene é acusada de obstruir as investigações no episódio de arrombamento de cofres guarda-volumes. Também são alvos da ação o ex-secretário executivo de Saúde, José Duarte, e duas ex-servidoras da Susam, Ana Cláudia Gomes e Keytiane Evangelista, que foi secretária adjunta executiva do Fundo Estadual de Saúde (FES).

Cabe agora a 4ª Vara da Justiça Federal do Amazonas, onde o processo tramita, analisar e informar se recebe ou não a denúncia, que é um resultado das operações Custo Político e Estado de Emergência, deflagrada pela Polícia Federal.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso