Justiça de Brasília manda soltar Joesley Batista e Ricardo Saud

“O argumento de que eles poderiam destruir provas já tinha sido superado porque elas já tinham sido todas colhidas”, disse o advogado do empresário.
09/03/2018 14h59 - Atualizado em 12/03/2018 15h10
Foto: Reprodução

O juiz Marcus Vinícius, da 12ª Vara Federal em Brasília criada há poucas semanas, acolheu pedido de habeas corpus da defesa de Joesley Batista e Ricardo Saud.

A dupla estava presa no âmbito do processo do quadrilhão do PMDB, que foi desmembrado e enviado para a primeira instância.

Como o STJ derrubou a outra ordem de prisão contra Joesley, no caso de insider trading, ele poderá ir para casa.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso