Lula é recebido com protesto de ruralistas em Bagé e deve sair da cidade de helicóptero

Chegada do ex-presidente foi marcada por tumulto entre apoiadores e manifestantes contrários ao petista.
19/03/2018 16h40 - Atualizado em 19/03/2018 16h40
Foto: Reprodução

caravana do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva chegou ao Rio Grande do Sul nesta segunda-feira (19), dando início a uma passagem por 10 cidades gaúchas. A programação se estende até a próxima sexta-feira (23).

O primeiro ato aconteceu na Universidade Federal do Pampa (Unipampa), em Bagé, na Fronteira Oeste, durante a manhã, com a participação da ex-presidente Dilma Rousseff.

Lula chegou ao aeroporto de Bagé por volta das 10h30, onde foi recebido por correligionários e apoiadores. Em seguida, o ex-presidente se dirigiu até a Unipampa, onde era aguardado para o início do evento.

No caminho entre o aeroporto e a iniversidade, cerca de 1,8 mil pessoas, conforme a Brigada Militar. Elas organizaram um protesto contra a passagem da caravana. No trajeto, um boneco Pixuleco foi pendurado no alto de um guindaste.

Os ônibus com apoiadores de Lula foram cercados pelos manifestantes, que estacionaram tratores às margens da rodovia. Os ânimos ficaram acirrados. A polícia entrou em ação para impedir confrontos. Duas pessoas foram detidas – uma de cada grupo.

Na Unipampa, cerca de 1 mil apoiadores recepcionaram Lula.

No início da tarde, o ex-presidente viajou até Santana do Livramento, também na Fronteira Oeste, para um evento com o ex-presidente do Uruguai, José Pepe Mujica, cujo tema é o desenvolvimento da América do Sul na divisa entre o Brasil e o Uruguai. O ex-presidente do Equador, Rafael Correa, também participa do encontro.

Lula foi novamente recebido com manifestantes pró e contra. Nas ruas, um grande aparato de segurança foi montada para impedir conflitos entre os grupos.

Durante o evento, na Praça Central da cidade, faltou luz. A queda de energia interrompeu os discursos. O serviço foi reestabelecido depois de cerca de 20 minutos.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso