Câmara conclui votação e aprova criação de Sistema Único de Segurança Pública

A proposta busca facilitar atuação conjunta e coordenação em nível nacional na área da segurança no Brasil.
12/04/2018 15h04 - Atualizado em 12/04/2018 18h00
Foto: Reprodução

Paulo Victor Chagas – Agência Brasil

A Câmara dos Deputados aprovou na noite dessa terça-feira (11) a proposta de criação do Sistema Único de Segurança Pública (Susp) e da Política Nacional de Segurança Pública e Defesa Social, que objetiva facilitar atuação conjunta e coordenação em nível nacional na área da segurança.

O projeto, enviado ao Congresso pelo governo do presidente , agora deverá ser analisado pelo Senado. O texto prevê ainda que a atuação conjunta dos órgãos policiais deverá ocorrer por meio de operações com planejamento e execução integrados.

A proposta inclui também a adoção de estratégias comuns para prevenir crimes, aceitação mútua de registros de ocorrências, compartilhamento de informações e intercâmbio de conhecimento técnico e científico entre os órgãos de segurança de todo o país.

O Susp deverá ser formado pelos órgãos de segurança pública da União, Estados, Distrito Federal e municípios. Estão incluídos, portanto, a Polícia Federal, as polícias civis e militares dos Estados e de Brasília, além das guardas civis municipais, entre outros.

A segurança pública tornou-se uma das principais bandeiras de , que criou um ministério específico para cuidar da área. O presidente também decretou uma intervenção federal na segurança pública do Estado do Rio de Janeiro.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso