Deputados brigam durante sessão na ALE-AM e quase chegam a agressão física

O motivo da discussão foi os rumos da greve geral dos professores estaduais do Amazonas.
05/04/2018 14h14 - Atualizado em 6/04/2018 19h19
Foto: reprodução

Redação AM POST

A Assembleia Legislativa do Estado (ALE) foi marcada na manhã desta quinta-feira (5) por uma grande confusão entre os deputados David Almeida (PSB) e Vicente Lopes (MDB) durante sessão que discutiu os rumos da greve geral dos professores estaduais do Amazonas.

O bate-boca que quase chegou as vias de fato entre os parlamentares foi motivado pela acusação da base do governo de que David está usando a greve dos professores para fins eleitoreiros. Os dois precisaram ser contidos por seguranças.

Na confusão de hoje, David Almeida discursou no plenário mostrando documento da representação que reunia o nome de oito deputados (veja a lista de nomes mais abaixo) e pedia a gravação completa e registros taquigráficos da sessão realizada ontem (4). David chamou os parlamentares que assinaram o documento de “covardes”, focando parte das acusações contra Vicente Lopes, de quem disse ter reconhecido a assinatura.

Posteriormente, o presidente da ALE se dirigiu à mesa de Vicente Lopes e os dois bateram boca frente a frente. Logo depois, quando David Almeida se dirigia de volta à cadeira dele na Mesa Diretora, Vicente Lopes respondeu, seguindo-o e, assim, iniciando uma confusão que só foi contida devido à intervenção de seguranças e outros parlamentares.

Lista de deputados que acusam David de campanha eleitoral antecipada:
Vicente Lopes (MDB)
Josué Neto (PSD)
Belarmino Lins (PP)
Mário Bastos (PSD),
Dermilson Chagas (PEN)
Wanderley Dallas (MDB)
Adjuto Afonso (PDT)
Orlando Cidade (Podemos)


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso