TRF1 estipula fiança de R$ 95,4 mil para libertar ex-secretário de saúde Pedro Elias

Segundo advogado do ex-secretário ‘a justiça concedeu o habeas corpus para todo mundo’.
25/04/2018 14h53 - Atualizado em 27/04/2018 14h58
Foto: Reprodução

Redação AM POST

A defesa do ex-secretário de saúde do Amazonas, Pedro Elias, conseguiu junto a 3ª turma do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF 1), em Brasília, um habeas corpus parcial para o preso da Operação “Maus Caminhos”.

Como o habeas corpus foi concedido de forma parcial, Pedro Elias só poderá deixar a prisão caso aconteça o pagamento da fiança de 100 salários mínimos, equivalente a R$ 95,4 mil.

O advogado do ex-secretário, Carlos Evaldo Terrinha, informou que está tentando junto a justiça diminuir o valor da fiança. “A justiça concedeu o habeas corpus para todo mundo. Agora estou tentando fazer com que esse valor de 100 salários mínimos seja diminuído para o Elias. Estamos trabalhando para isso”, comentou

Pedro Elias e outros ex-secretários que atuaram na gestão do ex-governador do Amazonas, José Melo, também preso na operação junto com a esposa, são acusados de receber cerca de R$ 20 milhões em propina com recursos da Saúde.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso