Lojas da Eduardo Ribeiro e adjacências são alvo da operação de combate à poluição sonora

Cinco lojas receberam auto de interdição para uso de som e três delas, flagradas com as caixas amplificadoras ligadas em frente aos estabelecimentos.
24/05/2018 17h30 - Atualizado em 24/05/2018 17h30
Foto: Divulgação

O acúmulo de caixas amplificadoras colocadas nas portas das lojas e o grande número de denúncias recebidas levaram a Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), a realizar mais uma operação de combate à poluição sonora no centro da cidade. O trabalho se concentrou na avenida Eduardo Ribeiro e ruas adjacentes, resultando na autuação e apreensão de equipamentos de cinco estabelecimentos. O trabalho contou com o apoio da Guarda Municipal de Manaus.

Cinco lojas receberam auto de interdição para uso de som e três delas, flagradas com as caixas amplificadoras ligadas em frente aos estabelecimentos, tiveram os equipamentos apreendidos. “Embora sejam constantes, alguns lojistas insistem em manter caixas de som ligados em frente dos seus comércios, acreditando que essa prática atrairá clientes, o que não procede e acaba gerando penalidades”, afirmou o diretor de Fiscalização da Semmas, Éneas Gonçalves. Segundo ele, os lojistas estão cientes de que essa prática é irregular, mas infelizmente o problema continua ocorrendo.

Dois estabelecimentos estavam com os equipamentos desligados, recebendo apenas o auto de interdição. Entre eles, um centro de compras situado na avenida Eduardo Ribeiro. Foram vistoriadas também lojas situadas nas ruas Saldanha Marinho e Henrique Martins. Em dezembro do ano passado, representantes da Diretoria de Fiscalização da Semmas estiveram reunidos com os membros do Conselho Diretor da Associação Comercial do Amazonas (ACA) para tratar da questão da poluição sonora e pedir a colaboração dos lojistas. Na oportunidade, Éneas Gonçalves destacou a necessidade do disciplinamento e a parceria dos lojistas para dar uma solução ao problema.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso