Repasses de R$ 2,2 bilhões desmentem discursos de prefeitos do AM que dizem que não tem dinheiro

O valor representa um salto de 20,6% nos recursos depositados nos cofres municipais em comparação ao mesmo período de 2017.
16/05/2018 15h27 - Atualizado em 17/05/2018 16h28
Foto: Reprodução

Somente no primeiro quadrimestre deste ano, os municípios do Amazonas receberam, por meio de repasses da União e do governo estadual, R$ 2,2 bilhões em repasses. A informação foi divulgada pelo deputado Serafim Corrêa (PSB), em discurso nesta quarta-feira (16) na Assembleia Legislativa do Estado (ALE-AM).

O valor representa um salto de 20,6% nos recursos depositados nos cofres municipais em comparação ao mesmo período de 2017, quando os municípios receberam R$ 1,8 bilhão.

“Convenhamos que esse volume de recursos em quatro meses desmonta o discurso dos prefeitos de que não tem dinheiro, de que os municípios estão à míngua. Isso mostra a necessidade de termos um sistema de controle rápido, eficaz e que funcione para que não tenhamos problemas na sequência”, sustentou Serafim.

De recursos fruto de impostos estaduais, de janeiro a abril deste ano, os municípios ganharam R$ 826,9 milhões, enquanto em 2017 foram R$ 674,6 milhões. O que representa um aumento de 22,5%, somente de recursos estaduais.

Já o repasse de recursos federais aos municípios, no primeiro quadrimestre de 2017 foi de R$ 1,1 bilhão. Este ano, no mesmo período, o valor saltou para R$ 1,3 bilhão. O aumento representa uma elevação nos repasses de 19,5%.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso