Apenas 30% da frota de ônibus circula em Manaus neste sábado (2)

MP-AM pediu à Justiça que motoristas sejam multados em R$ 1 mil por hora de greve.
02/06/2018 14h37 - Atualizado em 4/06/2018 15h34

Foto: Reprodução


Redação AM POST

Por volta das 9h deste sábado (2) os primeiros ônibus começaram a deixar as garagens em Manaus. No entanto, circula na cidade um número bem reduzido de coletivos, o equivalente a 30%.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Rodoviários de Manaus (STTRM), Givancir Oliveira, 70% da frota de ônibus vai continuar paralisada devido a falta de êxito na reunião que a categoria teve ontem (1º) com a Prefeitura de Manaus e o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Amazonas (Sinetram).

De acordo com Givancir, a intenção dos trabalhadores é retomar as atividades para tentar uma renegociação com o Sinetram. “Vamos sinalizar paz com o Sinetram”, afirmou.

Ainda na noite de ontem, o Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE-AM) ingressou na Justiça com uma Ação Civil Pública requerendo liminar de tutela antecipada de urgência pedindo para que os motoristas das empresas de ônibus de Manaus sejam multados em R$ 1 mil por hora de paralisação, caso no mínimo 75% da frota do transporte coletivo da capital não volte a circular imediatamente.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Facebook

Economia

Contato Termos de uso