Após ser demitido, ex-vereador decide expor podres do prefeito de Presidente Figueiredo e seu grupo político

O ex-parlamentar se intitula de ‘homem bomba’ decidido a explodir com a reputação do prefeito e seus aliados.
15/06/2018 14h41 - Atualizado em 16/06/2018 15h21

Foto: reprodução


Natan Gaia – Redação AM POST

Após ter sido exonerado o ex-vereador Mauricio Gomes de Souza, conhecido como “Mauricio Magom”, decidiu expor nas redes sociais as irregularidades cometidas pelo prefeito de Presidente Figueiredo (distante 118 quilômetros de Manaus), Romeiro Mendonça (PDT), e seu grupo político. As revelações foram feitas em áudio que circula em grupos de Whatsapp onde o ex-parlamentar se intitula de ‘homem bomba’ decidido a explodir com a reputação do prefeito e seus aliados.

Mauricio exercia o cargo de Sub-Secretário Municipal de Indústria e Comércio na prefeitura do município e revela no áudio que perdeu sua cadeira de vereador por apoiar Romeiro e como recompensa levou um belo ‘pé na bunda’. “O senhor exonerou eu e sua carreira política. Eu vou para o inferno Romeiro contigo. Eu estou disposto a morrer porque já estou morto a muito tempo”, ameaça o ex-soldado do prefeito de Presidente Figueiredo.

Segundo a gravação entre as irregularidade cometidas pelo prefeito está o uso de dinheiro público para patrocinar campanha política. Mauricio também fala que deu sua própria casa em 2014 para servir de comitê político de Romeiro e a recebeu com extravios e contas de energia atrasadas.

Ouça o áudio com as denuncias:


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Facebook

Economia

Contato Termos de uso