Deputados pedem reestruturação da Seplancti para fortalecer economia do AM

Um dos parlamentares chegou a afirmar que a pasta “é o patinho feio” do Governo de Amazonino Mendes.
14/06/2018 15h52 - Atualizado em 15/06/2018 17h35
Foto: reprodução

A reestruturação da Secretaria de Estado de Planejamento, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação (Seplancti) foi pauta, desta quinta-feira, na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam). Um dos parlamentares chegou a afirmar que a pasta “é o patinho feio” do Governo ao defender que a secretaria seja reestruturada para atuar na geração de emprego e renda e desenvolvimento do Estado.

O assunto foi abordado pelo deputado Josué Neto (PSD) que disse que a pasta é uma das mais importantes do Estado, mas não tem estrutura suficiente para cumprir suas funções. Segundo ele, entre as principais funções da pasta estão o desenvolvimento do Estado e dos municípios, atrair investidores nacionais e internacionais, manter o diálogo com empresas e comerciantes, e garantir a geração contínua de emprego e renda para a população.

“Muitos dos problemas que temos hoje no Amazonas poderiam ser solucionados através da Seplancti. Não podemos ficar esperando o Governo Federal. O Estado precisa reestruturar a Seplancti. Fortalecer. Ver o que pode melhorar lá na estrutura dessa secretaria para que ela passe a cumprir melhor sua função”, afirmou o parlamentar lembrando que muitas empresas foram afetadas com o decreto do Governo Federal que retirou incentivos do polo de bebidas, o que vai gerar prejuízos às fábricas de refrigerantes instaladas no Amazonas.

Para o deputado José Ricardo (PT) “a Seplancti deveria ser uma secretaria nobre”, que explora os setores que podem ser desenvolvidos no Amazonas, ajudando a gerar empregos.

“A falta de emprego é hoje uma situação preocupante no Estado. Essas medidas do governo federal são motivo de medo porque vai afetar aquelas empresas e os trabalhadores sabem que podem ser demitidos. Quem promove o desenvolvimento e busca empresas para se instalar aqui é a Seplancti que deveria ser uma secretaria nobre”, afirmou.

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), existem hoje no Amazonas 253 mil pessoas desempregadas, e Manaus atingiu a terceira maior taxa de desocupados do país.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso