Segurança particular de José Melo e família será feita por grupo de policiais militares

Segundo a defesa do ex-governador a ação trata-se de um direito que Jose Melo tem por ter sido chefe do executivo estadual.
07/06/2018 18h15 - Atualizado em 12/06/2018 16h19
Foto: divulgação

Redação AM POST

O ex-governador José Melo e sua família terão a sua disposição por tempo indeterminado um grupo de sete policiais militares para fazerem segurança particular. Melo estava preso há mais de cem dias sob suspeita de se beneficiar de um esquema que teria desviado mais de R$ 110 milhões dos cofres do estado e cassado por compra de votos com dinheiro público e foi solto em abril.

Segundo a defesa do ex-governador representada pelo advogado, José Carlos Cavalcanti Júnior, a ação nada tem a ver com o processo da operação Custo Político mas trata-se de um direito que Jose Melo tem por ter sido chefe do executivo estadual. “Isso é resguardado por lei. Todos os governadores utilizam ou já utilizaram, inclusive o próprio governador atual”, afirmou.

Os policiais escolhidos para o trabalho tiveram os nomes divulgados nessa quarta-feira (6) no Boletim da Polícia Militar do Amazonas e têm entre o dia 11 e 14 de junho para apresentar na Seção de Pessoal à Disposição e Agregados (DPA-5) documentos e regularizar as situações funcionais.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso