Alessandra Campêlo chama policiais de ‘paquitos’ após receber críticas por ter votado a favor de veto a reajuste salarial

A base do governo conseguiu a adesão da deputada na votação que decidiu a vida dos policiais militares e bombeiros.
06/07/2018 16h43 - Atualizado em 7/07/2018 14h56
Fonte: Reprodução

Aborrecida com críticas nas redes sociais, a deputada estadual Alessandra Campêlo (MDB) chamou policiais militares que a criticam em grupos de WhatsApp de ‘paquitos’. Campelo aprovou veto do governador Amazonino Mendes (PDT) contra antecipação de índice de reajuste salarial aos militares.

O veto foi mantido por 13 votos a favor e 9 contra. A base do governo, que já contava com 11 votos declarados, ainda conseguiu a adesão dos deputados Alessandra Campelo e Carlos Alberto (PRB).

Conforme a deputada, os policiais que a atacam já recebem bastantes benefícios por prestarem serviços em gabinetes de deputados de oposição ao governo na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE-AM).

Após reunião dos parlamentares a portas fechadas ficou combinado que o governador Amazonino Mendes mandará para a ALE-AM nova matéria, com mesmo conteúdo, uma reposição salarial de 24% dividida em três parcelas.

“Eles já ganham gratificações por isso e desdenham do reajuste concedido para classe trabalhadora”, disse Campêlo. “São ‘paquitos’, isto é, gente que serve apenas para abrir portas e servir autoridades públicas”, afirmou.

Fonte: Amazonas Atual


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso