Concurso da Seduc pode ser suspenso após candidatos denunciarem certame ao MP/AM

Entre as irregularidades apontadas estão atraso na chegada das provas nos locais do exame, troca de prova entre municípios, transporte irregular de malotes e malotes com lacres violados.
11/07/2018 16h05 - Atualizado em 12/07/2018 17h26
Foto: reprodução

Natan Gaia – Redação AM POST

Vários candidatos do concurso público da Secretaria de Estado de Educação (Seduc) decidiram protestar contra irregularidades no certame nesta quarta-feira (11) em frente à sede do Ministério Público do Estado do Amazonas (MP/AM), na Zona Oeste de Manaus. Após ouvir o grande número de reclamações o MP/AM decidiu recomendar a secretaria que suspenda imediatamente o concurso ocorrido nesse domingo (8) no Amazonas.

Entre as irregularidades apontadas estão atraso na chegada das provas nos locais do exame, troca de prova entre municípios, transporte irregular de malotes e malotes com lacres violados.

“Pontualmente neste concurso aconteceram situações relevantes. Candidatos nos procuraram e relataram várias irregularidades. A maioria foi apresentada nas provas dos professores, como exames com envelopes abertos, questões com conteúdos incompletos, entre outros. Com tudo isso, precisamos tomar uma atitude mediante. Soubemos que o Tribunal de Contas fez uma representação na Justiça e agora vamos fazer uma recomendação à própria Seduc para que o certame seja suspenso”, disse a promotora de justiça Delisa Ferreira, titular da Promotoria Especializada nos Direitos Humanos da Educação em coletiva de imprensa.

A recomendação é um instrumento, que não vai pelas vias judiciais e após isso a Seduc tem um prazo de dez dias para responder as solicitações do órgão. A promotora explicou que o MP/AM não pode decretar o cancelamento imediato do certame porque o órgão precisa apurar as denúncias.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso