Crime de Suzane Von Richthofen vai virar filme

‘A menina que matou os pais’ está previsto para estrear em 2019.
18/07/2018 19h04 - Atualizado em 18/07/2018 19h04
Foto: reprodução

O crime e o julgamento de um dos casos que mais chocou o país vai virar filme. Suzane Von Richthofen e os irmãos Daniel e Cristian Cravinhos serão retratados no filme “A menina que matou os pais”. O filme, da Galeria Distribuidora, braço da Vitrine Filmes dedicado ao lançamento de filmes com maior apelo comercial, foi anunciado nesta terça-feira.

Os três foram condenados por matar os pais de Suzane, Manfred e Marísia von Richtofen, em 2002. O roteiro do longa já está pronto e as gravações estão previstas para acontecer no segundo semestre de 2018. A Galeria Distribuidora, a Santa Rita Filmes e o diretor Mauricio Eça estão realizando o casting para escolher os atores que irão interpretar Suzane VonRichthofen e Daniel Cravinhos. As filmagens devem começar neste ano e a estreia está prevista para 2019.

O diretor será Mauricio Eça (“Apneia” e “Carrossel”). Em um comunicado, ele diz que o filme será um “thriller psicológico de suspense”, que abordará os motivos em torno do crime com “detalhes e discussões nunca antes debatidos sobre o caso”.

“O filme que iremos contar é um thriller psicológico, de suspense, onde discutiremos os motivos que levaram ao fato, entretanto, em detalhes e discussões nunca antes debatidos sobre o caso. Sem dúvida alguma essa é uma história muito forte e original e por ser real torna tudo mais absurdo e instigante.

O filme trás um tema que muita gente conhece e tem ideias pré-concebidas, mas as pessoas não sabem o mais importante que é o motivo que levou a filha e seu namorado a matarem seus pais. Por isso, esse projeto parte de um grande desafio que é entender um pouco a mente de cada um dos dois assassinos”, comenta o diretor Mauricio Eça.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso