Omar Aziz diz que tentou contato mas foi esnobado por Marcos Rotta

Segundo o candidato, ele ligou mas não foi atendido e enviou mensagens que foram lidas mas não respondidas.
14/08/2018 19h39 - Atualizado em 15/08/2018 17h24
Foto: reprodução

Redação AM POST

O senador Omar Aziz (PSD), candidato ao governo do Amazonas, falou abertamente sobre sua relação com o vice-prefeito de Manaus, Marcos Rotta, que caminha para ser secretário no governo Amazonino nos próximos dias após rompimento com seu antigo partido PSDB e o grupo político que Aziz representa. As declarações do deputado foram dadas em entrevista ao portal BNC Amazonas nesta terça-feira (14).

De acordo com Omar a relação entre os dois era de muita proximidade a ponto de um ser padrinho do filho outro mas no momento da separação como o ninho tucano o rebelado Rotta não ponderou isto.

Marcos Rotta é meu compadre, eu sou padrinho do filho dele a minha mãe, que faleceu há 30 dias, era madrinha do garoto. Nós temos uma relação e ele não permitiu que eu conversasse com ele. Eu liguei varias vezes e ele não atendeu meus telefonemas, mandei mensagens que ele leu mas não respondeu. É um direito que ele tem“, contou.

O candidato também relembrou do inicio da relação com Marcos Rotta e de como o ajudou quando chegou em Manaus. “Eu era o dono do programa exija seus direitos, quando eu sai botei ele para apresentar naquele momento em que ele estava sem fazer absolutamente nada eu ofereci essa chance. A primeira pessoa que deu oportunidade para o Marcos Rotta na vida dele em Manaus fui eu. Ele veio trabalhar na campanha de 92 e depois ficou aqui“, relatou Aziz.

Apesar de está sendo visto como o vilão da história o candidato a governador desejou sorte ao compadre na nova caminhada junto de seu rival Amazonino Mendes (PDT). “Eu sou a pessoa que está sendo crucificada nesse momento porque o partido escolheu o PSDB, mas faz parte é a política faz parte da vida. Que Deus o abençoe“, finalizou.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso