Tia ficou em banheiro de motel enquanto adolescente era abusada por empresário, diz laudo psicológico

Segundo a menina, as orientações da tia eram para que ela não falasse e só abrisse as pernas e pensasse no celular que iria poder comprar.
11/08/2018 14h47 - Atualizado em 13/08/2018 16h23
Foto: Reprodução

Redação AM POST*

Depoimento da adolescente de 13 anos que foi encontrada com um empresário em um motel de Manaus nesta semana revelou que Aline Cristina de Souza Andrade, 28, tia da garota e agenciadora de programas usava interesses materiais da menor, como ter um celular e um tênis novo, para conseguir convence-la a se submeter aos abusos. A informação foi divulgada em laudo psicológico feito na Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca).

De acordo com a vítima a agenciadora ficou dentro do banheiro do motel enquanto empresário, Fabian Neves dos Santos, 37, abusava sexualmente da menina. “Depois que [o empresário] parou, tudo aconteceu. Parecia que era a Mulher Maravilha entrando para me salvar”, contou.

A adolescente também revela no laudo que segundo instruções da tia ela devia durante o programa sentar na cama e só falar se Fabian perguntasse alguma coisa, e que, na hora do sexo, era só ela abrir as pernas, ficar de olhos fechados e pensar no celular novo.

Rede de exploração
Investigação feita pela polícia e o Conselho Tutelar, apontou a existência de uma possível rede de exploração sexual agenciada por Aline.

A adolescente revelou também que a tia a orientava a atrair outras meninas da escola para fazem programas.

Após o depoimento da menina, a Polícia Civil pretende investigar outras menores de idade vítimas de abusos sexuais e clientes que mantinham contato com a mulher.

*Com informações do G1


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso