Fã de Wilson Lima se sente ameaçada e pede proteção ao Ministério Publico

A jovem deve ser recebida ainda hoje pelo titular da Promotoria de Justiça Especializada em Combate a Crimes contra a Dignidade Sexual de Crianças e Adolescentes.
17/09/2018 11h48 - Atualizado em 17/09/2018 17h17
Foto: Reprodução

Redação AM POST

A jovem, Ana Sara Oliveira da Silva, envolvida em imbróglio com o jornalista e candidato a governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), decidiu pedir proteção do Ministério Publico do Amazonas (MP-AM) após se sentir ameaçada ao ter revelado sua versão sobre o que aconteceu para o suposto relacionamento dos dois ter virado registro na delegacia especializada em homicídios e sequestros no ano de 2014.

Segundo informações do portal D24AM, ainda nesta segunda-feira (17) , a jovem deve ser recebida pelo titular da 69ª Promotoria de Justiça Especializada em Combate a Crimes contra a Dignidade Sexual de Crianças e Adolescentes, Rodrigo Miranda Leão Junior, para pedir proteção tanto a ela quanto a sua família temendo alguma ataque do político.

De acordo com Ana Sara quando se envolveu com o apresentador tinha apenas 14 anos e após troca de mensagens e telefonemas os dois foram parar num motel na zona leste de Manaus. Ana Sara também relatou que após postagem de uma foto dela e de Wilson em seu Facebook com a legenda “eu e meu amor” o caso começou a dar errado e ela diz que sofreu ameaças tanto do apresentador quanto de um investigador da polícia identificado curiosamente como Geraldo.

O fato do relacionamento de Wilson com a menor de idade ter virado registro na delegacia especializada em homicídios e sequestros foi noticiado pela site da Revista Veja na última quarta-feira (12).

Outro lado
Após grande repercussão do caso a assessoria do candidato também informou que ele vai acionar judicialmente tanto seu ex-affair quanto a mãe dela, Rosimary Galvão de Oliveira, por ter dado entrevista ao Portal Amazonas Atual falando sobre o caso que a menina teve com o jornalista quando era uma menor de idade.

De acordo com a assessoria, hoje (17) os advogados da Campanha do candidato da Coligação Transformação por um novo Amazonas (PSC, PRTB e REDE), entrarão na Justiça com uma queixa crime por calúnia, injúria e difamação contra a jovem e sua mãe.

Wilson Lima afirma ter encontrado Sarah uma única vez. Após o encontro, a jovem passou a postar fotos de ambos nas redes sociais e a afirmar ser sua esposa. O jornalista registrou o Boletim de Ocorrência, após Sarah ter passado a enviar mensagens privadas para sua filha.

Veja vídeo:


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso