Manaus supera meta para 2021 no Ideb e fica entre as melhores capitais do país em Educação

Mais uma vez Manaus mostra que fez o dever de casa e chega à 9ª posição no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) 2017.
03/09/2018 20h37 - Atualizado em 4/09/2018 09h59
Foto: Divulgação

Mais uma vez Manaus mostra que fez o dever de casa e chega à 9ª posição no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) 2017, que foi divulgado nesta segunda-feira, 3/9, pelo Ministério da Educação (MEC). O prefeito Arthur Virgílio Neto destacou o avanço na Rede de Ensino Municipal, reiterando que, em 2017, a Prefeitura de Manaus já superou a meta estabelecida para o ano de 2021.

“Nossa colocação é reflexo de um investimento consciente, de um trabalho pedagógico sério, do prestígio aos professores, com datas-bases cumpridas, com os compromissos todos honrados e, ao mesmo tempo, com a motivação dos pais, que sabem que o futuro das suas famílias e da cidade está nas mãos dos seus filhos”, destacou o prefeito, que anunciou os resultados de Manaus no Ideb acompanhado da primeira-dama Elisabeth Valeiko Ribeiro e da secretária de Educação Kátia Schweickardt.

Em dois mil dias de gestão, o prefeito Arthur Virgílio Neto tirou Manaus da tímida 20ª posição no Ideb, com nota de 4,1, para os Anos Iniciais (do 1º ao 5º ano do ensino fundamental), e 3,1, nos Anos Finais (do 6º ao 9º ano do ensino fundamental), colocando a educação básica do município entre as dez melhores de todo o país. Manaus garantiu o nono lugar no Ideb com os índices de 5,8 e 4,7, para os Anos Iniciais e Finais do ensino fundamental, o que representa um crescimento de 41% e 52%, respectivamente.

“Estamos gratos a toda equipe da Secretaria Municipal de Educação (Semed) por esse crescimento, mas digo que não estou satisfeito com o nono lugar, quero mais que isso. Estamos brigando com o que há de melhor no ensino público municipal do país para, no futuro, chegarmos ao oitavo lugar”, desafiou o prefeito Arthur Neto, ao comemorar o crescimento dos índices educacionais de Manaus.

Com a nota de 4,7 nos Anos Finais, Manaus já superou a meta estipulada pelo MEC para o ano de 2021, que é de 4,6. E nos últimos 6 anos, a capital foi a que mais avançou na educação em todo o Brasil, ficando atrás somente de Fortaleza (CE). Esses números representam o resultado dos investimentos feitos pela Prefeitura de Manaus, visando sempre a qualidade do processo de ensino-aprendizagem dos alunos e a valorização dos educadores.

“A população tem que entender o esforço grande que estamos fazendo para manter o direito constitucional para nossas crianças, que é ter uma aprendizagem de qualidade. Isso é um direito. Estamos cumprindo com a nossa obrigação de gestor público e todas as nossas 500 escolas têm metas a serem cumpridas. O Brasil inteiro nos procura para saber como foi que conseguimos. Não temos feito mágica, trabalhamos com organização, com gestão, com a motivação da nossa equipe e criamos um ambiente para que as crianças aprendessem”, explicou a secretária municipal de Educação, Katia Schweickardt.

A nota do Ideb é composta pela nota da Prova Brasil e Fluxo Escolar. A Prova Brasil é realizada em todos os anos ímpares e a divulgação dos resultados acontece sempre no ano subsequente.

Com informações da assessoria de imprensa


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso