Bolsonaro desmente Haddad e diz que rejeita apoio de ex-líder de grupo racista norte-americano

O petista afirmou que o adversário estaria formando aliança com o grupo, mas o candidato respondeu dizendo que recusa este tipo de apoio.
16/10/2018 15h34 - Atualizado em 16/10/2018 15h34
Foto: Reprodução

Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT), travam uma batalha feroz nas redes sociais. Desta vez, o petista usou a notícia que um um dos rostos mais conhecidos da Ku Klux Klan, grupo supremacista branco americano, estaria apoiando a candidatura do capitão da reserva para atacar o adversário. No seu programa de rádio, o americano David Duke, disse sobre Bolsonaro: “Ele soa como nós”.

Haddad afirmou, no Twitter, que seu “adversário também está compondo com aliados e somando forças. Hoje ele recebeu o apoio da Ku Klux Klan”.

Logo em seguida, Jair Bolsonaro retrucou, declarando que recusa “qualquer tipo de apoio vindo de grupos supremacistas” e ainda sugeriu “que, por coerência, apoiem o candidato da esquerda, que adora segregar a sociedade”.

Abaixo você confere as publicações originais de Haddad e Bolsonaro:

Fonte: Caio Sandin – R7


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso