Confira as celebridades que tentam se eleger nas eleições deste domingo

Com os votos excedentes, acima do coeficiente eleitoral, os partidos pretendem ajudar a eleger outros candidatos da mesma coligação.
05/10/2018 18h57 - Atualizado em 5/10/2018 18h58
Foto: Reprodução

FolhaPress

A estratégia dos partidos políticos de usar nomes já conhecidos para angariar votos para suas chapas continua forte nas eleições deste domingo, 7. São artistas e atletas que buscam repetir performances como a do deputado federal Tiririca (PR-SP), eleito duas vezes, com votações que superaram 1 milhão de votos.

Com os votos excedentes, acima do coeficiente eleitoral, os partidos pretendem ajudar a eleger outros candidatos da mesma coligação. Neste ano, nomes como o do ex-ator pornô Alexandre Frota (PSL), do músico Frank Aguiar (PRB) e da campeã do salto em distância Maureen Maggi (PSB) buscam uma cadeira no Congresso.

Nem sempre a fama consegue ser revertida em votos. A jornalista Léo Áquilla (PHS) e o ex-pugilista Acelino Popó Freitas (PDT), por exemplo, já se candidataram antes, mas não tiveram votos suficientes. Os dois retornam agora nesta eleição.

A ex-jogadora Leila do Vôlei (PSB), no entanto, lidera a disputa pelo Senado no Distrito Federal, com 29% das intenções de voto, segundo a mais recente pesquisa Datafolha, divulgada desta quinta, 4. Campeã com a seleção brasileira, ela já foi secretária de Esportes e Lazer do DF.

Em relação aos presidenciáveis, Jair Bolsonaro lidera com 39% dos votos válidos, que excluem brancos, nulos e indecisos, seguido por Haddad (25%), Ciro (13%), Geraldo Alckmin (9%) e Marina (4%).

O Datafolha ouviu 10.930 eleitores em 389 cidades. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso