Ex acusa cantor Luciano Camargo de agressão

Cleo Loyola disse que cantor chutou sua barriga quando estava grávida.
04/10/2018 10h54 - Atualizado em 4/10/2018 10h54
Foto: Reprodução

Cleo Loyola tem causado polêmica nas redes sociais após gravar uma série de vídeos em que aparece colocando a boca no trombone sobre o ex-marido, o cantor Luciano Camargo. A pastora não gostou nada de o sertanejo ter afirmado publicamente que Wesley Camargo, filho de ambos, foi preso no passado por ter agredido duas mulheres, e acusou o famoso de violência doméstica.

“Devo ser bem louca mesmo por ter aguentado tanto tempo o Luciano ter me batido, espancado, chutado a minha barriga quando eu estava grávida… Ele tem várias passagens pela polícia no estado de Goiás”, disse Cleo em uma das gravações. Alguém, por acaso, tem um vídeo do meu filho sendo preso anteontem? Alguma foto? Se tiverem, me mandem. Tudo isso que inventaram não passa de uma mentira. E quem será que inventou essa mentira? Ser pobre não é feio. Ser feio é ser rico e mentiroso. E as máscaras vão cair”, completou.

Em outro vídeo, Loyola disse ter sido traída por Luciano que, segundo ela, é homossexual. Não satisfeita com a declaração, Cleo também postou duas supostas fotos do cantor beijando um travesti. (*) Entretanto, não se sabe da veracidade das imagens.

“Devo ser bem louca também por ter casado com um cara mesmo sabendo que ele gosta de macho e ter suportado durante tantos anos sem falar nada. Devo ser bem louca mesmo de estar expondo a minha vida por uma mentira que inventaram sobre o meu filho”, disse ela.

(*) A Catraca Livre entrou em contato com a assessoria de imprensa do cantor, que disse que ele não comentará o caso.

Polêmica

Wesley Camargo bateu boca com Luciano, por meio das redes sociais, após o cantor afirmar que o herdeiro bateu em uma tia e uma prima em 2014, e repudiou a punição aplicada ao herdeiro. Na ocasião, Wesley ficou detido dois dias, mas foi solto após Luciano pagar fiança no valor de R$ 10 mil.

“Paguei [a fiança] em 2014 contra minha vontade, para mim ele cometeu crime sim. Mas, infelizmente no Brasil, esse tipo de crime não dá em nada. Wesley foi condenado a prestar serviço para a sociedade. Isso é pena para quem bateu na tia?”, escreveu o sertanejo.

Ao portal UOL, Wesley Camargo refutou as acusações do pai, disse que a relação entre ele e sua tia é amigável e revelou problemas de relacionamento com o homem que o ajudou a dar à luz.

“Estamos brigados há algum tempo. A briga é de pessoas próximas a ele, e ele tomou as dores. A única coisa que tive de problema foi com a minha tia, que já foi resolvido, pago, estou bem com ela. Frequento a casa dos meus avós e meu pai está ressuscitando isso. Ele está piorando com os comentários dele”, desabafou.

Como tudo começou

A confusão envolvendo Wesley Camargo e o pai Luciano Camargo surgiu após uma reportagem do “Fofocalizando” do SBT informar que o herdeiro do cantor teria sido preso após agredir a mulher, Thaís Fraga. O casal nega a acusação.

Ao comentar a informação, o cantor repudiou o fato de sua nora defender as atitudes do marido.

“Você [Thaís] é minha nora e respeito muito você. Porém, mesmo a notícia de hoje [do Fofocalizando] sendo equivocada, isso não tira o fato que ele, em 2014, agrediu duas mulheres e você sabe que só paguei a fiança porque me pediram. Infelizmente, ele foi processado e a pena? Pasmem, prestar serviço comunitário. Thaís, volto a dizer, amo você, ele está errado e tudo o que não falei na época, vou falar a partir de hoje”, afirmou o sertanejo.

Violência contra a mulher

Atualmente, só no Brasil, o número de mulheres que morrem ou são violentadas é alarmante e demanda conscientização sobre os direitos e liberdades de cada um. No período de 1 ano, entre março de 2016 e 2017, o país registrou 8 casos do crime por dia.

Fonte: Catraca Livre

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso