PCC pode estar envolvido no atentado contra Jair Bolsonaro

Informações sobre esta possibilidade já haviam sido levantadas pela revista Crusoé, conforme noticiado pela Renova Mídia
15/10/2018 11h12 - Atualizado em 15/10/2018 18h18
Foto: Reprodução

A facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) pode estar envolvida na tentativa de homicídio contra Bolsonaro. Fontes da Polícia Federal disseram para o jornal O Globo que o relatório sobre o atentado a Jair Bolsonaro (PSL) “faz menção a um eventual envolvimento do PCC no crime”.

Informações sobre esta possibilidade já haviam sido levantadas pela revista Crusoé, conforme noticiado pela Renova Mídia: Um dos advogados, segundo a PF, trabalha para pelo menos quatro integrantes do Primeiro Comando da Capital, o PCC.

Os policiais consideram a hipótese de a facção estar financiando a defesa de Adélio Bispo de Oliveira. “Estamos trabalhando com todas as possibilidades”, disse um investigador que trabalha no caso à revista Crusoé. “Se isso for divulgado antes do segundo turno, Jair Bolsonaro ganha com 80% dos votos, e não apenas com 60%”, opina o site O Antagonista.

Fonte: Renova Mídia

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso