Record descobre que Globo quer Porchat, faz ofensiva e oferece até aumento

Ele em momento algum se arrependeu, mas deixou aberta a possibilidade de voltar a conversar com a Record a partir de 1º de dezembro. O apresentador, porém, está inclinado a manter sua decisão.
21/10/2018 12h25 - Atualizado em 21/10/2018 12h28
Foto: Reprodução

Bastou a Globo enviar um sinalzinho de que pretende recontratar Fábio Porchat e a Record correu tentar novamente
fazê-lo mudar de decisão e seguir na emissora até o fim de 2019. Porchat informou oficialmente à Record em 30 de setembro que vai sair no dia 31 de dezembro. Uma cláusula contratual lhe permite isso. Se ele não fizesse uso da cláusula em setembro o contrato só terminaria em dezembro do próximo ano.

A coluna apurou que a Record enviou na semana passada um emissário para tentar convencer Porchat a mudar de ideia. Ofereceu inclusive um vultoso reajuste no contrato atual. Os emissários da Record tentam convencer Porchat de que ele está no lugar certo, e que a emissora nunca cobrou e nunca vai cobrá-lo por índices de audiência, pois sabe que o público precisa se acostumar com a atração. E lhe dá liberdade de trabalhar na TV paga, inclusive em canais da Globosat.

Para a Record, por outro lado, Porchat representa uma ótima grife e um diferencial na grade de programação. O apresentador, porém, acha difícil que o (ótimo) programa decole no horário atual. Ele tem sido 3º colocado em audiência desde a estreia. Conforme esta coluna informou no último dia 9, a decisão do humorista e apresentador causou mágoa e dividiu opiniões na cúpula da Record. Houve inclusive quem dissesse que ele já teria se arrependido e estaria tentando voltar atrás. Não é verdade.

GLOBO NO CAMAROTE

A Globo já vinha assistindo de camarote ao possível rompimento e já sinalizou que o quer de volta. Porchat começou sua carreira na TV justamente na Globo, como redator e ator do “Zorra Total”, em 2007. Porchat segue com contrato com a Globosat, mas tem liberdades. Além do GNT, ele também está preparando um novo programa para o canal Comedy Central (do grupo da MTV).

Fonte: UOL

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso