Aplicativo “Manaus+Luz” vai otimizar reparos na iluminação pública

O prefeito de Manaus, Arthur Neto, lançou o app como um novo canal para o cidadão solicitar serviços de manutenção na iluminação pública da capital.
08/11/2018 15h38 - Atualizado em 9/11/2018 12h46
Foto: Reprodução

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, lançou nesta quarta-feira, 7/11, o aplicativo “Manaus+Luz”, como um novo canal para o cidadão solicitar serviços de manutenção na iluminação pública da capital. A apresentação aconteceu na sede da Prefeitura de Manaus, bairro Compensa, zona Oeste. A ferramenta é gratuita para smartphones e tablets, estando disponível nas plataformas Android e iOS.

“Já vamos chegar a 50 mil pontos de LED e agora, com esse aplicativo, vamos detectar as demandas necessárias para que se façam os reparos e se mantenha o serviço de iluminação pública funcionado bem. Nossas respostas têm sido de no máximo 48 horas para a resolução dos problemas. E tudo isso faz parte do nosso projeto de dotar a cidade em 100% de LED”, disse o prefeito.

Ele também destacou que pretende continuar enviando as lâmpadas que foram substituídas por LED, para as representações municipais do interior do Amazonas, que necessitam de reforço na iluminação.

“Nós não teríamos muito o que fazer com essa iluminação trocada e tem cidade do interior que precisa de iluminação. Queremos repassar isso tudo de acordo com a nossa Procuradoria e de cada município, tudo dentro da lei. Fazemos isso independentemente de quem seja o prefeito, pois o importante é que nós queremos destinar a eles mais 3,5 mil lâmpadas. Já doamos 6 mil lâmpadas anteriormente”, observou o prefeito.

Parceria
Como parte das ações do programa Cidade Inteligente, a ferramenta é desenvolvida em parceria entre a concessionária Manausluz e a Unidade Gestora Municipal de Abastecimento de Energia Elétrica (UGPM Energia), estrutura vinculada à Secretaria Municipal de Parcerias e Projetos Estratégicos (Semppe).

“O manuseio é simples e já foi testado pela equipe técnica da UGPM Energia. O histórico com todos os protocolos abertos por cada usuário ficará registrado no sistema, podendo ser acompanhado ao acessar o aplicativo. Quando a equipe estiver em atendimento ao chamado, o status mudará para ‘em atendimento’ até sua execução”, explicou a secretária da Semppe, Maria Josepha Chaves.

O cidadão pode registrar três tipos de problemas detectados no sistema de iluminação pública da cidade: lâmpada apagada, lâmpada acesa durante o dia e lâmpada oscilando, indicando o endereço e os pontos de referências com o auxílio do mapa disponível no aplicativo.

A gerente geral da Manausluz, Tatiana de Almeida Leite, disse que o aplicativo foi desenvolvido como uma alternativa ao 0800 e pode ser baixado em celulares e tablets de forma gratuita. “Pelo aplicativo é possível informar o problema existente e o local exato onde o serviço é necessário, acessando o mapa pelo celular ou digitando o endereço com o número do logradouro. Em pouco tempo, a pessoa envia o pedido e recebe, automaticamente, o andamento da solicitação feita, que terá um prazo de 48 horas para conclusão”, detalhou Tatiana.

Para entrar com o pedido, o cidadão deve fazer o cadastro fornecendo dados como nome, número do CPF e o e-mail. Após a solicitação, será gerado um número de protocolo e o status “pendente”. Cada solicitação terá um prazo de 48 horas para ser executada.

Embora tenha o aplicativo, o serviço de atendimento à população pelo 0800 201 0001 continuará em pleno funcionamento 24 horas, para tratar sobre iluminação pública.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso