Bolsonaro diz que não prorrogará intervenção no Rio ao assumir a Presidência

Presidente eleito ainda defendeu garantias jurídicas para que policiais não sejam processados.
30/11/2018 12h50 - Atualizado em 30/11/2018 16h05

Foto: Reprodução


O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) afirmou nesta sexta (30) que não irá prorrogar a intervenção no Rio de Janeiro.

“Eu assumindo, não a prorrogarei. Agora, se quiserem falar em GLO (Garantia da Lei e da Ordem), vou depender do Parlamento para assinar a GLO”, disse. Bolsonaro falou à imprensa após assistir a uma formatura de sargentos da Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).

Ele defendeu garantias jurídicas para que policiais não sejam processados após “cumprir a missão”.  “Eu quero uma retaguarda jurídica para as pessoas que fazem a segurança em nosso Brasil”, disse.

“Não admito que integrante das polícias e das Forças Armadas, após o cumprimento da missão, respondam a um processo.”

Segundo Bolsonaro, colocar mulheres e homens na rua sem segurança jurídica é uma irresponsabilidade.

Fonte: Estadão

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso