Diretor britânico termina documentário com provas exclusivas sobre o ‘caso Wallace Souza’

A produção está prevista para estrear em julho de 2019, e promete impactar o mundo político e mostrar coisas nunca antes mostradas pela família.
17/11/2018 14h37 - Atualizado em 18/11/2018 12h55
Foto: Reprodução

As gravações para o tão aguardado documentário internacional sobre o ex-deputado estadual Wallace Souza chegaram ao fim nesta sexta-feira, 16/11. A informação foi publicada pelo filho dele, Willace Souza, em sua página oficial nas redes sociais.

Para Willace Souza, o documentário será uma boa oportunidade de mostrar para o mundo os fatos verdadeiros.

“A família teve pouco espaço na mídia na época. Houve muito sensacionalismo. Já a imprensa britânica, tem um código de ética a zelar. Meu pai foi vítima de uma grande injustiça praticada pelo Estado. Houve uma perseguição ao deputado que mais combatia a corrupção. Nesse documentário, vamos poder mostrar finalmente o nosso lado.”

Fontes confidenciaram a um portal local que dentre as provas da inocência da família para o documentário, haverá uma gravação inédita do traficante Frankzinho dando detalhes da pressão psicológica e física sofrida para acusar Wallace Souza.

A família do ex deputado disponibilizou ainda todas as provas que obtinham guardadas a “sete chaves” para a produção britânica.

O documentário produzido pelo diretor Daniel Bogado, ganhador do Emmy pelo documentário ‘Guerra Oculta na Nigéria’ lançado em 2014, e ganhador do ‘Emmy Best Investigative Journalism 2015‘ está previsto para estrear em julho de 2019, e promete impactar o mundo político e mostrar coisas nunca antes mostradas pela família.

Francisco Wallace Cavalcante de Souza, conhecido como Wallace Souza, morreu aos 51 anos no Hospital Bandeirantes, em São Paulo, vítima de parada cardíaca, no dia 27 de julho de 2010. A família, na época, afirmou ter sido vítima de uma perseguição do Estado devido ao crescimento de Wallace Souza na política.

*Com informações da Assessoria de Imprensa


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso