Futuro do polo de concentrados na ZFM será decido nesta quinta-feira (8) em Brasília

Julgamento marcado para amanhã (8) definirá se haverá ou não creditamento de Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI).
07/11/2018 15h48 - Atualizado em 8/11/2018 13h05
Foto: Reprodução

O futuro de empresas produtoras de bens intermediários fabricados na Zona Franca de Manaus vai ser definido, nesta quinta-feira (8), durante julgamento do Recurso Extraordinário 592.891, no Supremo Tribunal Federal (STF). A informação foi divulgada pelo deputado Serafim Corrêa (PSB), que está em Brasília para acompanhar a audiência.

O recurso foi apresentado pela empresa Nokia. A sessão extraordinária inicia às 14h (Brasília), 12h em Manaus, e pode ser acompanhada também pela TV Justiça, canal 9 (NET).

O julgamento definirá se haverá ou não creditamento de Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI). Decisão contrária pode fazer com que empresas de insumos do Polo Industrial de Manaus (PIM) migrem para São Paulo.

O conflito entre a Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa) e a Receita Federal dura mais de 50 anos.

*Com informações da Assessoria de Imprensa


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso