Gleisi, ataca futuro ministro de Relações Exteriores “não tem condições de dirigir a diplomacia”

Presidente do PT destacou que o futuro ministro de relações internacionais é um adorador de Donald Trump.
16/11/2018 09h25 - Atualizado em 16/11/2018 16h45

Foto: Alan Marques/Folhapress/VEJA


Gleisi Hoffmann está cada vez mais obcecada com sua missão de encontrar um bode expiatório para a tremenda surra que o PT levou nas urnas em 2018.

Após uma campanha suja e mentirosa, que culminou numa denúncia vazia e até hoje não só não comprovada como desmentida pelo próprio WhatsApp, o PT resolveu mudar a narrativa e focou em culpar o bom e velho imperialismo americano.

Gleisi, seguindo a sua tentativa de colocar um culpado para aquilo que só o PT e sua má índole tem culpa, aproveitou então para tecer comentários sobre Ernesto Araújo, o indicado para assumir o Ministério das Relações Exteriores:

“Pelo que fez na campanha, já se esperava que Bolsonaro nomeasse um chanceler submisso aos Estados Unidos. Mas ele fez pior: nomeou um diplomata adorador de Donald Trump, a quem considera a “salvação do Ocidente”. Confunde religião com política, não tem condições de dirigir a diplomacia.”

Fonte: O Antagonista 

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Facebook

Economia

Contato Termos de uso