Jovem de 19 anos é presa por planejar com namorado morte do pai

Advogado de 43 anos foi encontrado morto em sua casa, com cinco tiros. Jovem confessou o crime e disse ter planejado como namorado e pago um terceiro para a execução.
09/11/2018 10h24 - Atualizado em 9/11/2018 10h24
Foto: Reprodução

Uma jovem de 19 anos foi presa nesta quinta-feira (8) por planejar o assassinato do pai em Ubatuba (SP). Segundo a Polícia Civil, a jovem disse que planejou o crime com o namorado e pagou uma pessoa para a execução. O pai dela, um advogado de 43 anos, foi morto com cinco tiros. A jovem, filha única da vítima, e o namorado dela confessaram o crime e estão presos.

De acordo com a polícia, o advogado Luciano Pedroso de Toledo não era visto desde a quarta-feira (7) e um parente suspeitou do sumiço e invadiu a casa onde ele morava na noite desta quinta (8), quando encontrou a vítima. O homem tinha cinco marcas de disparo por arma de fogo pelo corpo.

Após encontrar o corpo, a polícia fez buscas pela filha do homem, que morava com ele no bairro Estufa I. Ao ser questionada, ela admitiu o crime e afirmou que teria planejado a morte com o namorado, de 24 anos, há duas semanas e encomendado o homicídio do pai.

“Na delegacia ela demonstrou frieza, admitiu o crime e contou detalhes de como teria planejado a morte do pai. Ela contou em sua versão que teria feito isso por vingança depois de uma série de abusos sexuais que teria sofrido do pai desde os nove anos. A gente ainda está apurando as versões”, explicou o delegado responsável pelo caso, Ricardo Mamede.

O delegado contou ainda que a família era tradicional na cidade, conhecida pelo envolvimento no setor público – recentemente, o homem havia se candidatado para um cargo na chapa de presidência da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) na cidade.

O namorado da suspeita já tinha passagens pela polícia por crimes como roubo e furto. A Polícia Civil ainda apura a identidade do autor dos disparos. O casal está sendo ouvido na delegacia na manhã desta sexta-feira (9) e vai ser indiciado por homicídio qualificado.

Fonte: G1

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso