Marcelo D2 chama deputado de ‘negão do Bolsonaro’ e polemiza

O rapper se referiu a Hélio Negão, ou Hélio Bolsonaro, que foi eleito o deputado federal mais bem votado do Rio de Janeiro.
01/11/2018 10h39 - Atualizado em 1/11/2018 10h39

Foto: Reprodução


O rapper Marcelo D2 protagonizou uma polêmica nas redes sociais nesta quarta-feira, 31, ao se referir ao deputado federal Hélio Fernando Barbosa Lopes como o “negão do Bolsonaro” e ser acusado de racismo.

“To querendo tocar nesse assunto, super delicado, a alguns dias. E o negão do Bolsonaro hein? Talvez essa seja a nova nomenclatura pro escravo da casa grande. Bater palma pro patrão, no caso aqui lamber o coturno do capetão. ‘Eu não sou racista, tenho ATÉ um amigo preto”, escreveu o músico em sua conta no Twitter ao se referir à relação entre o deputado e o agora presidente eleito.

Hélio foi o deputado mais bem votado do Rio de Janeiro com mais de 340 mil votos. Ele apareceu ao lado de Bolsonaro no discurso da vitória do militar no último domingo, 28.

Em seguida, Marcelo D2 disse que “Hélio foi o escolhido para blindar o ‘Bunda Suja’ de ser chamado de racista”. Mais acima, o rapper relembra fala racista de Bolsonaro em que ele comparou pessoas quilombolas a gado ao usar o termo “arroba”. Na ocasião, o militar também afirmou que os quilombolas da comunidade que ele visitou “não servem nem para procriar”.

Hélio Bolsonaro e Jair Bolsonaro são amigos de longa data.

“O pior de tocar nesses assuntos é ver o quanto tem gente ignorante que deveria só calar a boca e talvez pensar sobre o assunto, cada vez mais me assunto com o tamanho da ignorância!”, continuou D2.

Nas redes sociais, o nome do cantor já ocupa os trendings topics do Twitter, em que ele é acusado de racismo por utilizar o termo “negão do Bolsonaro”.

Fonte: Catraca Livre

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Facebook

Economia

Contato Termos de uso