Prefeito e vice de Caapiranga tem mandato cassado pelo TSE e município terá novo pleito

O escolhido pelos eleitores completará o mandato de 2016 que se encerrará no ano de 2020.
16/11/2018 17h05 - Atualizado em 17/11/2018 15h42
Foto: Reprodução

Redação AM POST

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE), decidiu manter a cassação determinada pelo Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) do prefeito de Caapiranga, Antônio Ferreira Lima (MDB), e seu vice, Moisés da Costa Filho (MDB) que também estão inelegíveis por oito anos.

Com a cassação confirmada eleitores de Caapiranga (distante 134 quilômetros em linha reta de Manaus) deverão escolher um novo representante para chefiar o executivo municipal. O escolhido completará o mandato de 2016 que se encerrará no ano 2020.

Antônio Lima está afastado do cargo desde janeiro deste ano e quem ocupa o seu lugar é o presidente da câmara, Francisco Braz (DEM).


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso