Sétima edição do Encrespa Geral acontece neste sábado em Manaus

O Encrespa Geral acontece desde 2013 e busca incentivar o uso do cabelo natural, crespo e cacheado, a valorização da identidade negra, e a discussão a cerca de temas como racismo e outros.
23/11/2018 13h56 - Atualizado em 23/11/2018 17h16

Foto: Divulgação


Em meio a diversos debates que envolvem o racismo, a saúde mental da população negra e LGBTQ+, e a estética negra, acontece neste sábado (24), no Palácio da Justiça na Av. Eduardo Ribeiro, 901 – Centro, a 7ª edição do Encrespa Geral Manaus. O evento inicia as 14h e a programação inclui, roda de conversa, oficinas de turbante, oficina de dança do ventre, oficina de cuidados com cabelo crespo, Intervenção Artística, sorteios e atração musical.
O Encrespa Geral acontece desde 2013 e busca incentivar o uso do cabelo natural, crespo e cacheado, a valorização da identidade negra, e a discussão a cerca de temas como racismo e outros.

De acordo com Jessica Dandara, uma das organizadoras da atividade nesta edição a “A Saúde mental da população negra e LGBTQ+”, foi o tema escolhido para nortear ao debate, visto o momento político e social. Hoje estamos cientes quanto a necessidade de darmos atenção à nossa saúde mental, principalmente pelo racismo que vivemos cotidianamente, com isso sentimos a necessidade de diversificar a temática do Encrespa Geral”, disse.

Ainda conforme Dandara, mesmo com a temática principal voltada a saúde da população negra, o evento mantém a programação voltada a estética negra. “Esta atividade ao longo das edições, busca um e resgate cultural, histórico e social, ou seja, discutir, mostrar e valorizar as nossas raízes culturais africanas, a estética afro-brasileira e a posição do negro na sociedade são os nossos principais objetivos”, disse.

O evento que é gratuito, tem a organização do Encrespa Geral, Instituto de Promoção Humana, Desenvolvimento Social e Cultural, que incentiva o uso do cabelo natural, crespo e cacheado, a valorização da autoestima, estética e identidade negra e tem como apoiadores, Movimento Tupiniqueen, Picolé da Massa Produções, Centro de Beleza Jéssica Evelym, Rede de Ciberativistas Negras e Fórum de Juventude Negra do Amazonas, Comepi e a maquiadora Bárbara Ribeiro.

Confira programação completa:

14h – Oficina de dança do ventre
15h – Roda de conversa “saúde mental da população negra e LGBTQ+
16:30 – Oficina de cuidados com cabelo crespo
17h – Oficina de turbante
18h – Intervenção “Ancestralidade de Terra e Planta”
18:30 – Apresentação musical
19h – Sorteio

Com informações da Assessoria

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Facebook

Economia

Contato Termos de uso