Brasil cai em grupo difícil e reencontra algoz na Copa do Mundo Feminina de 2019

A seleção brasileira foi sorteada para o Grupo C, que é encabeçado pela Austrália, país que eliminou o Brasil na última edição do torneio, em 2015.
09/12/2018 12h55 - Atualizado em 9/12/2018 12h55
Foto: Reprodução

Neste sábado, o Brasil conheceu seus primeiros adversários da Copa do Mundo de futebol feminino de 2019. Em sorteio realizado em Paris, na França, foram definidas as seis chaves da fase de grupos da competição, que será disputada entre os dias 7 de junho e 7 de julho, na França.

A seleção brasileira foi sorteada para o Grupo C, que é encabeçado pela Austrália, país que eliminou o Brasil na última edição do torneio, em 2015.

Na ocasião, as brasileiras haviam se classificado em primeiro lugar do Grupo E e as australianas, em segundo do Grupo D. Nas oitavas de final, o gol de Kyah Simon decretou a vitória de sua seleção por 1 a 0.

Além de Brasil e Austrália, Itália e Jamaica completam o Grupo C. A estreia do time verde e amarelo em busca do título inédito da Copa do Mundo será no dia 9 de junho, contra a Jamaica, em Grenoble. Na segunda rodada, a equipe encara a Austrália, no dia 13, em Montepellier, e cinco dias depois, as brasileiras encerram a fase de grupos diante da Itália, no dia 18, em Valenciennes.

Atuais campeãs do mundo, a seleção dos Estados Unidos terá pela frente a Tailândia, a Suécia e Chile no Grupo F. Finalista em 2015, a seleção japonesa está no grupo D com Inglaterra, Escócia e Argentina.

A cerimônia aconteceu no teatro La Siene Musicale, em Île Seguin, uma ilha no rio Sena, localizada entre nos subúrbios de Paris e contou com a presença de personalidades como Kaká e o técnico atual campeão do mundo com a França, Didier Deschamps. Os dois auxiliaram no sorteio das bolinhas.

Fonte: Jornal Extra

*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso