Delegado Pablo comenta morte de policial durante serviço em blitz: “vítima da irresponsabilidade”

Uma manifestação pela morte do soldado foi feita por policiais militares e familiares neste sábado (8) em frente ao fórum Henoch Reis, em petição pela prisão do motorista.
08/12/2018 17h00 - Atualizado em 9/12/2018 13h37
Foto: Reprodução

Redação AM POST

O deputado federal eleito, delegado Pablo Oliva (PSL), comentou em suas redes sociais sobre a morte do soldado Kleber Ricardo Gomes Ventilari, de 27 anos, lotado na 19ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), morreu durante serviço, na madrugada deste sábado (8), após ser atropelado por Thomé Matheus Jesus Torres, de 21 anos, com sinais de embriaguez, na avenida Coronel Teixeira, bairro Ponta Negra, Zona Oeste da Cidade.

De acordo com Pablo, o policial foi vítima da irresponsabilidade. “Compartilho a dor e o respeito pela vida daqueles que zelam pela nossa segurança, tal qual o soldado Kleber Ventilari, falecido esta manhã vítima da irresponsabilidade de mais um motorista que não respeita as Leis de Trânsito e, tampouco, a vida alheia”, lamentou.

“Que o Altíssimo e Eterno Deus ampare os familiares deste nosso irmão com o consolo necessário neste momento de tristeza e lhe conceda o merecido descanso”, completou o deputado em conforto a família do PM.

Repudio a embriaguez ao volante e compartilho a dor e o respeito pela pela vida daqueles que zelam pela nossa segurança,…

Posted by Delegado Pablo on Saturday, December 8, 2018

Protesto
Uma manifestação pela morte do soldado foi feita por policiais militares e familiares neste sábado (8) em frente ao fórum Henoch Reis, bairro São Francisco, Zona Sul de Manaus.

Segundo protestantes o objetivo da ação é pressionar a Justiça do Amazonas a decidir pela prisão do motorista, encaminhado para Audiência de Custódia.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso