Deputado Saullo Vianna falta diplomação dos eleitos

Mesmo não tendo ido a cerimonia, Saullo Vianna, ainda pode tirar seu diploma que atesta que ele está apto a tomar posse no cargo em 1º de Janeiro.
18/12/2018 19h02 - Atualizado em 18/12/2018 19h02

Foto: Reprodução


Redação AM POST

O deputado estadual eleito, Saullo Vianna (PPS), que saiu do Centro de Detenção Provisória Masculino II (CDPM II) última quarta-feira (12), não compareceu a cerimonia de diplomação dos eleitos que aconteceu na tarde dessa segunda-feira (17), no auditório do Tribunal de Contas do Estado (TCE), localizado no Parque 10, Zona Centro-Sul de Manaus.

A diplomação é o ato pelo qual a Justiça Eleitoral atesta que o candidato foi efetivamente eleito pelo povo e, por isso, está apto a tomar posse no cargo em 1º de Janeiro.

De acordo com o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM), mesmo não tendo ido a cerimonia, Saullo Vianna, ainda pode tirar seu diploma na Secretaria Judiciária em horário de expediente.

O político foi eleito com 27,8 mil votos e foi o nono deputado estadual mais votado do Amazonas. Ele é investigado por crimes de corrupção e de associação criminosa.

Vianna foi preso em operação da Polícia Federal (PF) que visava de acabar com esquema de corrupção ativa e passiva e violação de sigilo funcional com o fornecimento de informação privilegiada de dentro do Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

Saullo Vianna ainda não se pronunciou sobre o caso desde que foi preso.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Facebook

Economia

Contato Termos de uso