Investigação sobre caixa 2 supostamente pago a Eduardo Braga é intensificada no STF

As investigações são sobre caixa 2 de R$ 6 milhões pagos ao senador Eduardo Braga (MDB), nas eleições de 2014.
04/12/2018 16h10 - Atualizado em 5/12/2018 12h50
Foto: Geraldo Magela/ Agência Senado (07/05/2014)

Redação AM POST

Processo foi aberto nesta nesta terça-feira (4), para aprofundar as investigações sobre caixa 2 de R$ 6 milhões pagos ao senador Eduardo Braga (MDB), nas eleições de 2014.

A determinação é do relator da Lava Jato na Corte, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin, que atendeu a um pedido da procuradora-geral da República Raquel Dodge para abrir dez processos com o objetivo de apurar o suposto pagamento de caixa 2 a parlamentares.

Além de Braga outros parlamentares terão suas condutas avaliadas, são eles: deputados Alceu Moreira (MDB-RS), Marcelo Castro (MDB-PI), Jerônimo Goergen (PP-RS), Paulo Teixeira (PT-SP) e Zé Silva (SD-MG), e dos senadores Ciro Nogueira (PP-PI), Renan Calheiros (MDB-AL) e Wellington Fagundes (PR-MT).

*Com informações do Globo


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso