Provas do concurso público da Adaf serão aplicadas no Amazonas neste domingo (9)

Em torno de 28 mil candidatos estão aptos para realizar a prova.
08/12/2018 15h36 - Atualizado em 9/12/2018 13h36
Foto: Reprodução

A Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Amazonas (Adaf) aplica, neste domingo (9), as provas do concurso público que oferece 208 vagas, nos níveis fundamental, médio, médio/técnico e superior. Em torno de 28 mil candidatos estão aptos para realizar a prova.

Os portões dos locais de prova serão abertos às 7h15 e fecharão às 8h, horário local. O início das provas está prevista para às 8h15 e terá a duração de 5 horas.

Os salários para nível superior variam entre R$ 5.632,23 e R$ 6.570,95; para ensino médio e técnico R$ 3.379,35 e R$ 3.942,54; e ensino fundamental R$ 2.297,95 e R$ 2.202, 20.

As provas serão realizadas nos municípios de Humaitá, Manaus, Tefé e Parintins. O concurso terá duas etapas, sendo a primeira fase com provas objetiva e discursiva. Na segunda etapa, será realizada a prova de títulos.

As provas objetivas serão avaliadas através das áreas de língua portuguesa, noções de informática, noções de direito administrativo e constitucional, legislação estadual especifica, raciocínio logico e matemático e conhecimentos específicos ao cargo.

Gabarito Preliminar
O recurso contra o gabarito preliminar poderá ser impetrado entre os dias 11 e 12 de dezembro, por meio de requerimento próprio, através de link disponível no endereço eletrônico do Instituto AOCP (www.institutoaocp.org.br).

De acordo com o certame, o resultado final e a portaria de homologação do resultado final do concurso público serão publicados pela Adaf, no Diário Oficial do Estado do Amazonas (DOA), e divulgados na internet, através do site da banca organizadora do concurso e da Adaf (www.adaf.am.gov.br).

Cargos oferecidos
Os cargos oferecidos serão para fiscal agropecuário nas especialidades de médico veterinário, engenheiro agrônomo e engenheiro florestal, contador, economista, estatístico, analista de rede, administrador e jornalista.

No nível médio/técnico, o cargo será para técnico de fiscalização agropecuária, para o cargo de agente de fiscalização agropecuária o pré-requisito é somente o ensino médio completo, assim como o cargo de assistente técnico.

Para o nível fundamental, as vagas serão para auxiliares de fiscalização agropecuária, motoristas fluviais e terrestres.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso