Integrantes de quadrilha especializada em roubos de veículos são presos com fuzil, munições e entorpecentes

Segundo a polícia com a dupla foram encontrados um fuzil de calibre 556, 157 munições de diversos calibres.
19/01/2019 17h31 - Atualizado em 19/01/2019 17h31
Foto: Divulgação

Da Redação*

Bruno Lima de Oliveira, 27, e Alexandre Azevedo Costa, 24 foram presos em flagrante na tarde de sexta-feira (18/1), por volta de 17h. Os trabalhos foram coordenados pela equipe de investigação da Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos (DERFV), sob comando dos delegados Cícero Túlio e Antonio Rondon Junior, titular e adjunto da especializada, respectivamente.

A prisão ocorreu em uma residência localizada no conjunto Manôa, bairro Cidade Nova, zona norte de Manaus. “Os suspeitos perceberam a presença da polícia e tentaram empreender fuga, mas a nossa equipe conseguiu capturá-los”, informou Túlio.

Com a dupla foram encontrados um fuzil de calibre 556, 157 munições de diversos calibres, 891 trouxinhas (entre oxi e maconha “skunk”) já embalados e prontos para distribuição, um tablete de maconha e uma porção de pasta base, além de um veículo sem placa com restrição de roubo.

“Há 20 dias, nós começamos a investigar uma quadrilha especializada em roubos de veículos que atua na capital. Por meio deles, identificamos este outro grupo, na qual fazem parte o Bruno e Alexandre. Eles realizavam uma espécie de ‘aluguel’ de armamentos e recebiam os veículos roubados como pagamento e encaminhava uma facção criminosa para que fossem utilizados em outros delitos de maior gravidade”, explicou o delegado Cícero Túlio.

Tentativa de homicídio
O titular da DERFV destacou também que o fuzil apreendido pode ter sido utilizado durante uma tentativa de homicídio, ocorrida em 11 de janeiro deste ano, na comunidade Bairro do Céu, no bairro Centro, zona sul de Manaus. “As equipes estão uma possível vinculação dessa situação com o caso da tentativa de homicídio. Existem informações e conhecimento técnicos que apontam que esse fuzil possa ser o mesmo utilizado nesse crime”, explicou.

O delegado-geral adjunto da instituição, Orlando Amaral, acompanhou a apresentação da ocorrência e elogiou o trabalho da equipe da DERFV. “A apreensão dessa arma de grosso calibre e a prisão desses dois suspeitos vai deixar a população que usa veículos e até mesmo estabelecimentos comerciais mais tranquilos por um tempo. O delegado Cícero e a equipe da DERFV são muito diligentes”, pontuou.

Flagrante
Bruno e Alexandre irão responder pelos crimes de associação criminosa, posse ilegal de arma de fogo de uso restrito, porte ilegal de munição de uso permitido e tráfico de drogas. Após procedimentos na unidade policial, ambos serão conduzidos para a audiência de custódia, no fórum ministro Henoch da Silva Reis, no bairro São Francisco, zona sul da capital.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso