MBL lança campanha contra candidatura de Renan Calheiros para presidência do Senado

Um vaquinha virtual foi montada com o objetivo de arrecadar R$30 mil.
12/01/2019 16h31 - Atualizado em 13/01/2019 13h07
Foto: Reprodução/MBL

Redação AM POST

O movimento Brasil Livre (MBL) anunciou em suas redes sociais o lançamento da “Operação Fora Renan”, contra a eleição do político a presidência do Senado Federal.

Uma plataforma de crowdfunding — a famosa vaquinha virtual — foi montada com o objetivo de arrecadar R$30 mil para viabilizar ações como carros de som nas regiões dos senadores, produção e divulgação de vídeos, Uso de projetores, cartazes e outros artifícios.

“Não podemos admitir que após 4 anos de luta contra a corrupção, o mesmo Renan envolvido em tantos escândalos, aliado de tantos corruptos, sabotador de tantas mudanças seja o nome favorito para levar a presidência do Senado — e de quebra, de todo o Congresso Nacional. Renan, como presidente do Congresso, fará uso da sua influência para levar à frente uma agenda regressiva, sabotadora e amiga da corrupção!”, afirma o MBL no texto da vaquinha virtual.

Segundo o movimento seus times ao redor do Brasil irão pressionar as bases dos Senadores eleitos para que declarem voto contra Calheiros.

Até o fechamento desta matéria a vaquinha virtual arrecadou R$1575 e está programada para terminar no dia 31 de janeiro.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Contato Termos de uso