Alfredo condena tentativa do governo de usar recursos do FTI para cobrir rombo na saúde pública

O político disse que o homem sofrido do interior não pode pagar essa conta.
23/02/2019 15h55 - Atualizado em 24/02/2019 13h53

Foto: reprodução


Redação AM POST

O Presidente Nacional de Honra e presidente Estadual do PR, Alfredo Nascimento, condenou a tentativa do governador, Wilson Lima (PSC), de tentar retirar recursos do Fundo de Fomento ao Turismo, Infraestrutura, Serviços e Interiorização do Desenvolvimento do Amazonas (FTI), para custear o rombo na saúde pública. O político publicou nota em suas redes sociais neste sábado (23) comentando o assunto.

De acordo com Alfredo o interior do estado não pode pagar essa conta. Para ele a decisão de Wilson em usar a verba “é absolutamente equivocada e desastrosa”.

O republicano também disse que a decisão evidencia quão inconsistente é a gestão do governador. “Vejo que falta criatividade administrativa, vontade política e maior comprometimento para ir além do simples remanejamento de recursos. É cobrir um santo descobrindo outro”, avaliou.

“A solução para a saúde é um Choque de gestão, um Combate desmedido à corrupção que drena os recursos do setor, um Controle permanente, uma revisão minuciosa dos contratos, a aplicação correta dos recursos. Falo isso porque já fui Secretário de Saúde do Estado, vice-governador, prefeito por duas vezes e implantei o maior projeto de saúde básica que os amazonenses já viram – o programa Médico da Família, que na época serviu de referência para todo o País”, completou.

Leia a nota na íntegra:
Vejo com muita preocupação a proposta do Governo do Estado de retirar recursos do FTI (Fundo de Fomento ao Turismo, Infraestrutura, Serviços e Interiorização do Desenvolvimento do Amazonas), para custear o rombo na saúde pública.

Reconheço que vivemos uma crise sem precedentes no setor, mas é absolutamente equivocada e desastrosa a proposta de cobrir esse rombo tirando os recursos dos municípios amazonenses.

Vejo que falta criatividade administrativa, vontade política e maior comprometimento para ir além do simples remanejamento de recursos. É cobrir um santo descobrindo outro.

A solução para a saúde é um Choque de gestão, um Combate desmedido à corrupção que drena os recursos do setor, um Controle permanente, uma revisão minuciosa dos contratos, a aplicação correta dos recursos. Falo isso porque já fui Secretário de Saúde do Estado, vice-governador, prefeito por duas vezes e implantei o maior projeto de saúde básica que os amazonenses já viram – o programa Médico da Família, que na época serviu de referência para todo o País.

É hora de pensar mais, ousar mais, ouvir mais, trabalhar mais! O homem sofrido do interior não pode pagar essa conta. É hora de fortalecer o interior e não de enfraquecê-lo.

Um ótimo final de semana a todos.

Alfredo Nascimento – Presidente Nacional de Honra e presidente Estadual do PR


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Facebook

Economia

Contato Termos de uso