Após derrota na ALE, governo fará nova tentativa para que deputados aprovem uso de R$263 mi do FTI na saúde

A proposta foi retirada de pauta ontem (13) pelo líder do governo na ALE, Carlinhos Bessa (PV) após críticas dos deputados.
14/02/2019 15h54 - Atualizado em 14/02/2019 15h54

Foto: Reprodução/Facebook


Redação AM POST

Deve voltar a pauta da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam) na próxima semana o Projeto de Lei 31/2019 do governador Wilson Lima, que pretende retirar R$ 263 milhões do Fundo ao Turismo, Infraestrutura, Serviços e Interiorização do Desenvolvimento do Amazonas (FTI) para tentar amenizar o problema da saúde em Manaus.

A proposta foi retirada de pauta ontem (13) pelo líder do governo na ALE, Carlinhos Bessa (PV) após críticas dos deputados. O parlamentar disse que o texto será revisado por técnicos da Secretaria da Fazenda (Sefaz) e Secretaria de Saúde (Susam).

A verba do fundo só pode ser investida no interior do estado. O governador precisa da autorização dos deputados da ALE para utilizar o recurso em demandas da saúde na capital.

Parlamentar de oposição ao governo, o deputado Wilker Barreto (PHS) afirmou que Wilson Lima está pedindo o recuso para aplicar na saúde mas não tem nenhum planejamento estratégico e portanto concede-lo seria rasgar dinheiro do contribuinte.


*** Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o AM POST.


Facebook

Economia

Contato Termos de uso